Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional prevê implantação de 35 projetos estratégicos até 2030

 Codins promoveu três workshops neste mês relacionados às ações do Alece 2030 Codins promoveu três workshops neste mês relacionados às ações do Alece 2030 Codins promoveu três workshops neste mês relacionados às ações do Alece 2030 Codins promoveu três workshops neste mês relacionados às ações do Alece 2030 Foto: Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional da Alece

Até 2030, 35 projetos estratégicos devem ser implantados pela Assembleia Legislativa, de acordo com a titular da Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional (Codins) da Casa, Heline Joyce. Desse total, 18 da plataforma prioritária 2021-2022 já estão sendo  executados e outros 17, serão  executados  ao longo de 2023-2030.Conforme a coordenadora, nesta segunda-feira (20/09), a Codins, que é vinculada à Mesa Diretora da Alece, irá realizar, junto com a Fundação Dom Cabral, um encontro com um grupo de 75 servidores, para dar continuidade aos estudos previstos. As ações fazem parte do programa Alece 2030.

"Dividimos as atividades da seguinte forma: um grupo de 25 servidores faz o trabalho de definir projetos de discussão e de divisão em grupos, para concluir o termo de abertura desses projetos. Na sequência desse trabalho, a gente leva o que foi construído para o grupo maior de 75 servidores. Este grupo pode sugerir modificações. Feito isso, a gente valida o que foi construído no Comitê de Gestal Estratégica (Coge)", afirma.

Nesta segunda-feira, de acordo com Heline Joyce, haverá a apresentação do conteúdo para o grupo de 75 servidores, e está previsto para o dia 27 de setembro a validação desta construção para a Presidência da Assembleia e para o Comitê de Gestão Estratégica. "As próximas atividades serão continuadas a partir de outubro e novembro, fazendo a matriz de contribuição das áreas. Nós definiremos seis áreas estratégicas e serão elaborados subplanejamentos estratégicos para essas seis áreas, para que se desenrole daí a execução do que foi planejado", pontua.

Heline explica, por exemplo que se a Diretoria Legislativa for definida como área estratégica, já que é um dos braços finalísticos da Casa, o setor vai ter um mapa estratégico, as iniciativas estratégicas, as metas que a diretoria vai buscar atingir e os indicadores daquela área. "E assim a gente vai fazer com essas seis áreas que forem definidas", frisa. De acordo com o calendário definido, a partir de 30 de setembro, serão apontadas as seis áreas estratégicas.  "É como se o planejamento macro fosse se dividindo nestas seis áreas para que ele saia do papel e realmente aconteça. É esse o nosso grande desafio", destaca.

Workshops

Nos dias 2 ,9 e 13 de setembro a Coordenadoria realizou três workshops com um grupo de 25 servidores para priorizar as iniciativas estratégicas vinculados aos objetivos estratégicos que foram definidos anteriormente. As iniciativas são intenções voltadas às ações para atingir os objetivos elencados, conforme explica Heline Joyce. "São os projetos estratégicos. Como exemplo, podemos apontar o aprimoramento da governança e o alinhamento entre as áreas da Assembleia", esclarece.

Para se chegar a esses objetivos, a coordenadora aponta que as ações estão afetas à reinvenção de processos e perspectivas de processos. "Definimos que três projetos são estratégicos e fundamentais: a implantação do programa de integridade da gestão, a implantação do sistema de informações estratégicas de controle e a implantação de um modelo de capacidade de auditoria interno da Casa. E assim fizemos com os demais objetivos, definindo que projetos seriam importantes", assevera.

Após esses levantamentos realizados, conforme Heline, foi definido um portfólio com 17 projetos estratégicos para serem implantados até 2030. Antes, foi definido o mapa estratégico, composto por missão, visão, valores, perspectivas e objetivos estratégicos. Também já foram definidos os indicadores que serão necessários para alcançar esses objetivos e os projetos estratégicos para os próximos dez anos, segundo a coordenadora.

Esses projetos envolvem as diretorias, áreas de gestão e de tecnologia da informação, Comunicação Legislativa, Diretoria Legislativa, Controladoria, Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional, Departamento de Gestão de Pessoas, Unipace, Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos e Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS). "Todas as áreas da Casa deverão estar envolvidas para conseguirmos realizar o que está planejado", diz Heline Joyce.

Para acompanhar o Alece 2030, basta acessar o hotsite alece2030.al.ce.gov.br no site da Assembleia Legislativa.

JS

 

Núcleo de Comunicação Interna da Alece

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp: 85.99147.6829; Telefone: 85.3257.3032

Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/